O projeto surgiu da parceria entre Prefeitura, através da Secretaria de Cultura, Curso de Graduação em Música e Escola de Música da Universidade Estadual de Maringá e Fundação Luzamor. Logo na primeira reunião entre Secretaria da Cultura e o Departamento de Música da UEM, ficou decidido que, tendo em vista o objetivo do projeto, não haveria melhor lugar para as apresentações do que a sede da Fundação Luzamor, o Auditório Shizuko Miyamoto (capacidade de 400 lugares). Auditório concretizado graças as grandes contribuições das comunidades maringaense e japonesa, destacando a atuação das senhoras Yaeko Miyamoto e Miss.Sumiko Miyamoto. Estabelecida a parceria, o  Projeto “Convite à Música” estreou em 3 de março do ano de 2005, com o Pianista Hideraldo Grosso. Um ótimo público compareceu a estreia, entre músicos, autoridades e amantes em geral.


JUSTIFICATIVA

A formação de um público para a música e todas as outras formas de expressão artística através de concertos regulares de música erudita com entrada franca.
A convivência com a música erudita é um dos principais fatores de formação estética e crítica em uma comunidade. Por isso, a Secretaria da Cultura do Município de Maringá criou o Festival Permanente de Música Erudita - através do  Projeto Convite à Música e, para realizá-lo, buscou a parceria do Curso de Graduação em Música e Escola de Música da UEM, além da Fundação Luzamor. Desde a sua estreia, o Projeto tem continuidade com realização de Concertos semanais, todas as quintas-feiras, às 21 horas com a presença de grandes nomes do cenário da música erudita do Brasil e do Exterior.

PROGRAMAÇÃO