Teatros - Cine Teatro Plaza



Cine Teatro Plaza

O Cine Plaza foi inaugurado nos anos sessenta, mas só adquirido pelo Município no ano de 1990, durante o governo de Ricardo Barros e transformado em Cine Teatro Plaza. Foi o palco de múltiplas atividades artísticas como: dança, música, conferências, cinema e por muitos anos o palco do FEMUCIC – Festa da Música Cidade Canção.

 

Interditado desde 2003, a Secretaria Municipal de Cultura do Município de Maringá, planeja sua restauração, porém encontra empecilhos na relação “custo benefício” já que uma reforma estrutural no prédio terá um alto valor financeiro. Porém sua importância é muito grande, tendo em vista sua localização, que se faz na travessa Guilherme de Almeida, 146, em frente à Praça Raposo Tavares, no centro da cidade de Maringá.

 

Tem capacidade para 610 lugares e um palco de 180,23m². É também um dos requisitos que justifica, em princípio, a tentativa de reforma fazendo-se os cálculos “per capta”, ainda que o valor seja  alto, considerando informações obtidas por especulação, sendo tal importância diluída em dez anos, que é um prazo razoável para amortização de um investimento dessa envergadura. É de se considerar que vale a pena pensar na hipótese da revitalização do Cine Teatro Plaza, o qual encaixará perfeitamente nos projetos que estão sendo estabelecidos atualmente pela Secretaria de Cultura.

 

Contudo, toda e qualquer iniciativa de recuperação do Cine Teatro Plaza deverá ser muito bem estudada, antes de ser colocada em prática. Assim, é de se concluir que não há definição ainda quanto a esse equipamento cultural para a cidade, o que será objeto de informação para a população, tão logo haja uma definição.

 

A Secretaria de Cultura de Maringá lamenta as circunstâncias, em ter que manter o espaço cultural fechado (inativo), mas, não tem alternativa no momento, pois está dependendo de diversos fatores: políticas de investimentos (verbas específicas), parceria público-privada (PPP) ou, até mesmo, a venda do bem pela Prefeitura, tendo em vista que a Administração tem enormes dificuldades para dar continuidade de manutenção no Teatro, pois a Prefeitura é proprietária somente da parte do prédio que abriga o Cine Teatro. O restante do prédio tem propriedade particular e não está afeto às políticas públicas.

 

 

 

Programação

Outros Teatros