Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI)



Centro Municipal de Educação Infantil Nilza de Oliveira Pipino

     O desenvolvimento urbano e o grande número de mulheres com filhos atuando no mercado de trabalho levam a sociedade a pensar em formas de atendimento às crianças que já não tem a mãe exclusivamente vivendo em função de seus cuidados e educação.

Nosso município, como ocorreu praticamente em todo o Brasil também precisou suprir a demanda de creches e pré-escolas para atender os filhos das mães trabalhadoras.
Nesse contexto, o Centro Municipal de Educação Infantil Nilza de Oliveira Pipino foi inaugurado no dia 14 de maio de 1987, situando-se a rua Bem-te-vi, n.º 2576, no conjunto residencial Ney Braga.
     Foi criado por ato do poder executivo através do decreto de Lei nº 80/87 e denominado “Creche Nilza de Oliveira Pipino”, durante a gestão da “Administração Comunitária”. Começou a funcionar em dezembro de 1987 com funcionários municipais e somente em janeiro, iniciou-se o atendimento aos alunos matriculados.
     O nome NILZA DE OLIVIERA PIPINO, foi uma homenagem à benemérita cidadã, esposa de colonizadores que dedicou-se as causas assistenciais e educacionais e  no trabalho pelo pelos humildes, esgotou sua própria razão de viver.
     A instituição foi criada para atendimento aos filhos dos trabalhadores moradores do bairro Ney Braga e adjacências. Antes da criação da creche, as crianças do bairro freqüentavam as creches Nice Braga e Gerardo Braga.
     A estrutura física da creche contava com sete salas de aula, um refeitório, dois banheiros, uma cozinha, uma lavanderia, uma sala administrativa, dois banheiros para funcionários, um lactário, possibilitando o atendimento às crianças de zero a seis anos, nas modalidades de creche e pré-escola.    
     No ano de 1992, sob os parâmetros de uma administração liberal 14 creches foram terceirizadas e passaram a funcionar em sistema de cooperativa, entre elas nossa instituição. Nesse sistema de gestão, os recursos para o funcionamento dessas escolas- empresas eram repassados pelo município para as empresas formadas por professores em sociedade, que administravam as creches com dinheiro público. O grupo responsável (empresa) por esta instituição escolar denominou-se “Pré- Escola Vida e Desenvolvimento S/C LTDA”, participou de licitação e administrou a creche no ano de 1992.
     Em 1993, após a constatação da ilegalidade das escolas cooperativas todas as creches voltaram a ser administradas pela Prefeitura Municipal de Maringá, ficando as escolas  municipais sob a responsabilidade da Secretaria da Educação e as creches e pré-escolas a cargo da Fundação de Desenvolvimento Social de Maringá.
     Em 2001, cumprindo a Deliberação nº 03/99 do Conselho Estadual de Educação as creches municipais passaram a denominar-se Centros Municipais de Educação Infantil e foram incorporados pela Secretaria Municipal de Educação. A educação infantil passa a fazer parte da educação básica, sendo considerada a sua primeira etapa. Os Centros Municipais de Educação Infantil passam então, a ter como princípios que orientam seu trabalho, a democracia e a participação, defendendo a Educação como um direito de todos e a escola enquanto um espaço coletivo de construção de direitos e deveres, de exercício de democracia participativa, de diálogo, de justiça e igualdade, sendo a escola pública municipal, compreendida como patrimônio da comunidade, visando fornecer a ela, uma educação de qualidade social, direito de todos e dever do Estado, garantindo o acesso, a permanência e aprendizagem, independente de faixa etária, gênero, opção sexual ou condição social.

A Educação Infantil, primeira etapa da educação básica, tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança até seis anos de idade, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade (LDB nº9394/96, art.29).  

     O Centro Municipal de Educação Infantil tem como princípio norteador a gestão democrática e colegiada, conforme dispõe a Constituição Federal, em seu artigo 206, inciso VI. Entende-se por gestão democrática o processo que regulamenta e norteia todo o funcionamento da instituição, compreendendo a necessidade da participação de toda a comunidade escolar1 na tomada de decisão conjunta no planejamento, na execução, no acompanhamento e avaliação das questões pedagógicas, administrativas, financeiras e legais. O trabalho desenvolvido nesta instituição procura atender aos princípios da gestão colegiada, com vistas a garantir que realmente se efetive neste espaço uma educação pública de qualidade, gratuita e  universal.

     O órgão colegiado máximo, responsável pela efetivação dessa prática democrática é o Conselho Escolar. Este conselho é formado por representantes de todos os seguimentos da comunidade escolar. Possui natureza consultiva, deliberativa e fiscal, tendo como principal atribuição acompanhar a Proposta Pedagógica e o Regimento Escolar, documento máximo da instituição.
     Atendendo ainda aos princípios de uma concepção de educação e construção social do conhecimento, iniciou-se o processo de formação continuada para os profissionais das diversas instituições de Educação Infantil. Estes estudos acontecem durante o ano letivo para os diversos profissionais que atuavam na instituição.
     Em 2002, devido à grande demanda de crianças em lista de espera e atendendo solicitação da comunidade, o “Governo Popular de Maringá” autorizou a ampliação da unidade escolar. Foram construídas mais cinco salas de aula, dois banheiros para alunos, um pátio coberto e uma passarela. Também foram reformados a cozinha, a lavanderia e um banheiro para funcionários.
     Com a ampliação, a instituição passa a ter capacidade para atender 340 crianças, nas modalidades de creche (0 a 3 anos) e pré-escola (4 a 6 anos). Este C.M.E.I funciona em período integral das 7 horas da manhã às 18 horas e 30 minutos., sendo os horários dos   profissionais que atuam nesta instituição organizados de acordo com a necessidade do Centro no que diz respeito ao atendimento às crianças.
     A ampliação da instituição apesar de ter possibilitado o aumento da oferta das vagas nas duas modalidades de atendimento, ainda não foi suficiente para atender a todos os pais que procuram a instituição, principalmente na modalidade de creche, nas turmas de Berçário I e Maternais I e II. Estes pais aguardam vaga para seus filhos em lista de espera. A efetivação das matrículas nas vagas existentes segue rigorosamente a ordem da lista de espera, mediante critérios estabelecidos conforme a Portaria nº 01/2002, atendendo prioritariamente as crianças do bairro e imediações, filhos de famílias com renda de até três salários mínimos, cujas mães trabalham fora do lar. Atualmente os critérios de matrícula de novos alunos para as turmas onde há lista de espera, são estabelecidos pelo Conselho Escolar.
     No ano de 2010, foi reformulado coletivamente o Regimento Escolar, o qual modifica a nomenclatura  e quantidade de alunos por turma da seguinte maneira: Berçário passa denominar-se  Infantil 1  A e B de a 4 meses à 2 anos (sendo a turma “A” de 4 meses à 1 ano e a turma “B”de 1 à 2 anos, com capacidade para 25 crianças por turma. Maternal I, passa denominar-se Infantil 2 (de dois anos), com atendimento á 25 crianças. Maternal II, passa denominar-se Infantil 3 ( de três anos), também com capacidade para atender 25 crianças (antes eram 30 alunos por turma). Pré I passa denominar-se  Infantil 4 (atende as crianças de 4 anos), com capacidade de 30 alunos por turma e o Pré II passa a denominar-se Infantil 5 atendendo 30 crianças de 5 anos por turma.
     Nos anos de 2009/2010 o Centro Municipal de Educação Infantil passou por uma reforma geral o qual modificou e ampliou a estrutura dos blocos que atendiam berçários e maternais (Infantil 1, 2 e 3).  Foi construído um bloco para o setor administrativo com salas para funcionários, sala de reuniões, secretaria, sala para coordenação pedagógica, sala para direção, banheiros com acessibilidade e almoxarifado.
Após a conclusão da reforma de 2010, o Centro Municipal de Educação Infantil passou a contar com seguinte estrutura para atendimento ás crianças: 2 salas de Infantil 1 com  assepsia com capacidade para atender 50 crianças, 2 salas de Infantil 2 com assepsia e banheiro   para  atendimento de 50 crianças, 02 salas de Infantil 3 com banheiros e assepsia  com capacidade para atender 50 crianças, cinco salas para atendimento de crianças de Infantil 4 e Infantil 5 com capacidade para atendimento de 30 crianças em cada sala, totalizando  atendimento de 150 crianças de 4 e 5 anos, 2 banheiros infantis com acessibilidade, dois pátios grandes e cobertos.
     Além desta estrutura o C.M.E.I. conta com amplo refeitório,  refeitório para bebês, lactário, cozinha, dispensa,  almoxarifados, lavanderia,  banheiros para funcionários, sala de leitura, sala de brinquedoteca,  parquinho, estacionamento e área de gramado.
     Salienta-se que embora com a  reforma e ampliação do prédio,  a capacidade de atendimento do Centro Municipal de Educação Infantil neste ano é de 300 alunos uma vez que diminuiu-se o número de alunos por turma e foram criados ambientes alternativos como sala de leitura e brinquedoteca.
     Existe um Conselho Escolar formado por pais de alunos e funcionários e APMF Associação de Pais Mestres e Funcionários, uma Proposta Pedagógica, um Regimento Escolar e um Plano de Ação elaborado e avaliado anualmente pela comunidade escolar.
     A equipe de funcionários é formada por Direção, Supervisão Pedagógico, Auxiliar Administrativo, Professores, Educador Infantil, Auxiliares de Creche e Auxiliares de Serviços Gerais e Estagiária do curso de Pedagogia.
     Apesar dos limites encontrados no desenvolvimento de nosso fazer diário, trabalhamos no sentido de estarmos numa busca contínua, permanente, coletiva e compromissada com ações que visem a real efetivação de uma Educação Infantil de qualidade e que realmente possa integrar as ações de cuidar e educar. É nosso objetivo possibilitar a todos os alunos a posse do saber científico e historicamente acumulado e que possibilite a estas crianças que nos são confiadas verdadeiras condições para sua participação na sociedade como cidadãs portadoras de direitos e deveres.

Recursos Físicos Materiais e Humanos

     O Centro de Educação Infantil atende em período integral das 7:00 ás 18:30 horas  7(sete)  turmas de creche de 4 meses a 3 anos e 4 (quatro) turmas de pré escola de 4 e 5 anos, totalizando 180 crianças na creche e 120 na pré escola, somando 11 turmas com 300 alunos no total.
     Para atender estes alunos são 4 professoras, 13 educadoras infantis, 16 auxiliares de creche, 01 supervisora pedagógica, 01 diretora, 01 auxiliar administrativo, 09 auxiliares de serviços gerais, sendo que duas atuam na cozinha,  uma no lactário, uma na lavanderia e cinco na limpeza.
     Quanto  aos ambientes temos: onze salas de aula equipadas da seguinte maneira: Bloco 1:  duas salas  de Infantil 1 A e B, salas ampla com solário individualizado, com doze berços, colchonetes, mesa e cadeira de professor, ventiladores de parede, armários , literaturas e brinquedos diversos: mordedores, e outros em cada uma. Sala de assepsia comum as duas turmas com  duas banheiras, fraldário, duas pia com torneira e  dois banheiros com vaso sanitário. Duas salas de infantil 2  A e B: salas amplas com solário individualizado, com mesa de professor, armário, colchonetes, brinquedos e literaturas diversas e uma sala comum de assepsia com quatro banheiros com vaso sanitário, duas pias com torneira, duas banheiras, fraldário e dois chuveiros. Neste bloco há também um banheiro de funcionários, um refeitório de uso dos bebês, com mesas, bancos  e bebê conforto, apropriados para as crianças de 4 meses á dois anos. Há também um lactário, onde se faz a alimentação das crianças do Infantil 1 A e B, onde tem, pia de cozinha, fogão de quatro bocas, geladeira de duas portas e armários. Pátio coberto com bebedouro.
     Bloco 2: duas salas amplas de infantil 3 com 8 jogos de mesas e cadeiras coloridas, quadro, ventiladores de parede, mesa e cadeira de professor, armário, colchonetes, brinquedos e literaturas diversas. Um banheiro infantil de uso comum com quatro pias com torneiras, e quatro banheiros com vasos sanitários e uma banheira com fraldário.
      Bloco 3: cinco salas  de aula de infantil 3 C, e infantil 4 A e B e 5 A e B com: oito jogos de mesas com cadeiras coloridas, ventiladores de parede, armários, ventiladores de parede, mesa e cadeira de professor, brinquedos e literaturas diversas. Dois banheiros infantis com acessibilidade (meninos e meninas), com vasos sanitários, pias com torneiras, chuveiros  e um pátio coberto.
     Bloco 4: amplo refeitório com doze jogos de mesas com bancos, ventiladores de parede, geladeira, bebedouro. Cozinha com  fogão industrial, duas geladeiras de duas portas, uma geladeira de uma porta, freezer duplo, tanque, três cubas de pia, mesa e bancos. Sala para armazenar panelas com prateleiras em alvenaria, dispensa com prateleiras em alvenaria e balança. Corredor separando os ambientes, almoxarifado de produtos de limpeza com armários e tanque, lavanderia com dois tanques, duas máquinas de lavar roupas: doméstica e industrial, prateleiras e armários e um banheiro com chuveiro, vaso sanitário e pia para funcionários.
     Bloco 5: localizado na entrada é o administrativo dividido entre secretaria com: armários, arquivos, mesas, cadeiras, computador, impressora e ventilador de parede. Duas salas: de direção e coordenação pedagógica com mesas, cadeiras, armários e ventilador de parede. Sala de reuniões com mesa grande e diversas cadeiras, armários e ventilador de parede. Sala de professores com dois jogos de mesas grandes com cadeiras, dois ventiladores, geladeira, microondas, quadro mural. Corredor com cadeiras e bebedouro. Dois banheiros de adultos com acessibilidade.
     Além desta estrutura há: estacionamento, parque infantil, espaço cercado de gramado e o espaço aberto de gramado.

Organização da Entidade Escolar

Oferta de Ensino
     As turmas atendem em período integral das 7:00 ás 18:30 horas, sendo compostas de acordo com o ano de nascimento. Na  creche (de 4 meses á 3 anos)  são formadas turmas de 25 alunos com duas auxiliares de creche (8 horas) e um educador infantil (6 horas),com exceção das turmas de Infantil 1 A e B, os quais são três auxiliares de creche.
     Na pré escola as turmas são de 30 alunos sendo um professor (4 horas) no período da manhã e um educador infantil (6 horas) no período da tarde. Geralmente a organização ocorre da seguinte maneira:

Turma          Ano de Nascimento    Nº alunos    Professora    Educador Infantil    Auxiliar de Creche
Infantil 1 A      2010/2011                 25               0                      1                              3
Infantil 1 B      2010                         25               0                      1                              3
Infantil 2 A      2009                         25               0                      1                              2
Infantil 2B       2009                         25               0                      1                              2
Infantil 3 A      2008                         25               0                      1                              2
Infantil 3 B      2008                         25               0                      1                              2
Infantil 3 C      2008                         25               0                      1                              2
Infantil 4 A      2007                         30               1                      1                              0
Infantil 4 B      2007                         30               1                      1                              0
Infantil 5 A      2006                         30               1                      1                              0
Infantil 5 B      2006                         30               1                      1                              0

                                                                                                                   Ano base:2011

     Esta organização de turmas pode variar de um ano para o outro de acordo com a demanda de alunos, por exemplo pode haver apenas uma turma de cada idade ou mais de duas de acordo com o número de alunos e com a disponibilidade de salas.

Histórico do Estabelecimento

     O desenvolvimento urbano e o grande número de mulheres com filhos atuando no mercado de trabalho levam a sociedade a pensar em formas de atendimento às crianças que já não tem a mãe exclusivamente vivendo em função de seus cuidados e educação.
Nosso município, como ocorreu praticamente em todo o Brasil também precisou suprir a demanda de creches e pré-escolas para atender os filhos das mães trabalhadoras.
Nesse contexto,  o Centro Municipal de Educação Infantil Nilza de Oliveira Pipino foi inaugurado no dia 14 de maio de 1987, situando-se a rua Bem-te-vi, n.º 2576, no conjunto residencial Ney Braga.
     Foi criado por ato do poder executivo através do decreto de Lei nº 80/87 e denominado “Creche Nilza de Oliveira Pipino”, durante a gestão da “Administração Comunitária”. Começou a funcionar em dezembro de 1987 com  funcionários municipais e somente em janeiro, iniciou-se o atendimento aos alunos matriculados.
     O nome NILZA DE OLIVIERA PIPINO, foi uma homenagem à benemérita cidadã, esposa de colonizadores que dedicou-se as causas assistenciais e educacionais e  no trabalho pelo pelos humildes, esgotou sua própria razão de viver.
A instituição foi criada para atendimento aos filhos dos trabalhadores moradores do bairro Ney Braga e adjacências. Antes da criação da creche, as crianças do bairro freqüentavam as creches Nice Braga e Gerardo Braga.
     A estrutura física da creche contava com sete salas de aula, um refeitório, dois banheiros, uma cozinha, uma lavanderia, uma sala administrativa, dois banheiros para funcionários, um lactário, possibilitando o atendimento às crianças de zero a seis anos, nas modalidades de creche e pré-escola.   
     No ano de 1992,  sob os parâmetros de uma administração liberal 14 creches foram terceirizadas e passaram a funcionar em sistema de cooperativa, entre elas nossa instituição. Nesse sistema de gestão, os recursos para o funcionamento dessas escolas- empresas eram repassados pelo município para as empresas formadas por professores em sociedade, que administravam as creches com dinheiro público. O grupo responsável (empresa) por esta instituição escolar denominou-se “Pré- Escola Vida e Desenvolvimento S/C LTDA”, participou de licitação e administrou a creche no ano de 1992.
     Em 1993,  após a constatação da ilegalidade das escolas cooperativas todas as creches voltaram a ser administradas pela Prefeitura Municipal de Maringá, ficando as escolas  municipais sob a responsabilidade da Secretaria da Educação e as creches e pré-escolas a cargo da Fundação de Desenvolvimento Social de Maringá.
     Em 2001, cumprindo a Deliberação nº 03/99 do Conselho Estadual de Educação as creches municipais passaram a denominar-se Centros Municipais de Educação Infantil e foram incorporados pela Secretaria Municipal de Educação. A educação infantil passa a fazer parte da educação básica, sendo considerada a sua primeira etapa. Os Centros Municipais de Educação Infantil passam então, a ter como princípios que orientam seu trabalho, a democracia e a participação, defendendo a Educação como um direito de todos e a escola enquanto um espaço coletivo de construção de direitos e deveres, de exercício de democracia participativa, de diálogo, de justiça e igualdade, sendo a escola pública municipal, compreendida como patrimônio da comunidade, visando fornecer a ela, uma educação de qualidade social, direito de todos e dever do Estado, garantindo o acesso, a permanência e aprendizagem, independente de faixa etária, gênero, opção sexual ou condição social.

A Educação Infantil, primeira etapa da educação básica, tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança até seis anos de idade, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade (LDB nº9394/96, art.29).

     O Centro Municipal de Educação Infantil tem como princípio norteador a gestão democrática e colegiada, conforme dispõe a Constituição Federal, em seu artigo 206, inciso VI. Entende-se por gestão democrática o processo que regulamenta e norteia todo o funcionamento da instituição, compreendendo a necessidade da participação de toda a comunidade escolar1 na tomada de decisão conjunta no planejamento, na execução, no acompanhamento e avaliação das questões pedagógicas, administrativas, financeiras e legais. O trabalho desenvolvido nesta instituição procura atender aos princípios da gestão colegiada, com vistas a garantir que realmente se efetive neste espaço uma educação pública de qualidade, gratuita e  universal.
     O órgão colegiado máximo, responsável pela efetivação dessa prática democrática é o Conselho Escolar. Este conselho é formado por representantes de todos os seguimentos da comunidade escolar. Possui natureza consultiva, deliberativa e fiscal, tendo como principal atribuição acompanhar a Proposta Pedagógica e o Regimento Escolar, documento máximo da instituição.
     Atendendo ainda aos princípios de uma concepção de educação e construção social do conhecimento, iniciou-se o processo de formação continuada para os profissionais das diversas instituições de Educação Infantil. Estes estudos acontecem durante o ano letivo para os diversos profissionais que atuavam na instituição.
     Em 2002, devido à grande demanda de crianças em lista de espera e atendendo solicitação da comunidade, o “Governo Popular de Maringá” autorizou a ampliação da unidade escolar. Foram construídas mais cinco salas de aula, dois banheiros para alunos, um pátio coberto e uma passarela. Também foram reformados a cozinha, a lavanderia e um banheiro para funcionários.
     Com a ampliação, a instituição passa a ter capacidade para atender 340 crianças, nas modalidades de creche (0 a 3 anos) e pré-escola (4 a 6 anos). Este C.M.E.I funciona em período integral das 7 horas da manhã às 18 horas e 30 minutos., sendo os horários dos   profissionais que atuam nesta instituição organizados de acordo com a necessidade do Centro no que diz respeito ao atendimento às crianças.
      A ampliação da instituição apesar de ter possibilitado o aumento da oferta das vagas nas duas modalidades de atendimento, ainda não foi suficiente para atender a todos os pais que procuram a instituição, principalmente na modalidade de creche, nas turmas de Berçário I e Maternais I e II. Estes pais, aguardam vaga para seus filhos em lista de espera. A efetivação das matrículas nas vagas existentes segue rigorosamente a ordem da lista de espera, mediante critérios estabelecidos conforme a Portaria nº 01/2002, atendendo prioritariamente as crianças do bairro e imediações, filhos de famílias com renda de até três salários mínimos, cujas mães trabalham fora do lar. Atualmente os critérios de matrícula de novos alunos para as turmas onde há lista de espera, são estabelecidos pelo Conselho Escolar.
     No ano de 2010, foi reformulado coletivamente o Regimento Escolar, o qual modifica a nomeclatura  e quantidade de alunos por turma da seguinte maneira: Berçário passa denominar-se  Infantil 1  A e B de a 4 meses á 2 anos (sendo a turma “A” de 4 meses á 1 ano e a turma “B”de 1 á 2 anos, com capacidade para 25 crianças por turma. Maternal I, passa denominar-se Infantil 2 (de dois anos), com atendimento á 25 crianças. Maternal II, passa denominar-se Infantil 3 ( de três anos), também com capacidade para atender 25 crianças (antes eram 30 alunos por turma). Pré I passa denominar-se  Infantil 4 (atende as crianças de 4 anos), com capacidade de 30 alunos por turma e o Pré II passa a denominar-se Infantil 5 atendendo 30 crianças de 5 anos por turma.
     Nos anos de 2009/2010 o Centro Municipal de Educação Infantil  passou por uma reforma geral o qual modificou  e ampliou a estrutura dos blocos que  atendiam berçários e maternais (Infantil 1 , 2 e 3).  Foi construído um bloco  para o setor administrativo com salas  para funcionários, sala de reuniões, secretaria, sala para coordenação pedagógica, sala para direção, banheiros com acessibilidade e almoxarifado.
Após a conclusão da reforma de 2010, o Centro Municipal de Educação Infantil passou a contar com seguinte estrutura para atendimento ás crianças: 2 salas de Infantil 1 com  assepsia com capacidade para atender 50 crianças, 2 salas de Infantil 2 com assepsia e banheiro   para  atendimento de 50 crianças, 02 salas de Infantil 3 com banheiros e assepsia  com capacidade para atender 50 crianças, cinco salas para atendimento de crianças de Infantil 4 e Infantil 5 com capacidade para atendimento de 30 crianças em cada sala, totalizando  atendimento de 150 crianças de 4 e 5 anos, 2 banheiros infantis com acessibilidade, dois pátios grandes e cobertos.
     Além desta estrutura o C.M.E.I. conta com amplo refeitório,  refeitório para bebês, lactário, cozinha, dispensa,  almoxarifados, lavanderia,  banheiros para funcionários, sala de leitura, sala de brinquedoteca,  parquinho, estacionamento e área de gramado.
     Salienta-se que embora houve  reforma e ampliação do prédio a capacidade de atendimento do Centro Municipal de Educação Infantil neste ano é de 300 alunos uma vez que diminuiu-se o número de alunos por turma e foram criados ambientes alternativos como sala de leitura e brinquedoteca.
     Existe um Conselho Escolar formado por pais de alunos e funcionários e APMF Associação de Pais Mestres e Funcionários,  uma Proposta Pedagógica, um Regimento Escolar e um Plano de Ação elaborado e avaliado anualmente pela comunidade escolar.
     A equipe de funcionários é formada por Direção, Supervisão Pedagógico, Auxiliar Administrativo, Professores, Educador Infantil, Auxiliares de Creche e Auxiliares de Serviços Gerais e Estagiária do curso de Pedagogia .
     Apesar dos limites encontrados no desenvolvimento de nosso fazer diário, trabalhamos no sentido de estarmos numa busca contínua, permanente, coletiva e compromissada com ações que visem a real efetivação de uma Educação Infantil de qualidade e que realmente possa integrar as ações de cuidar e educar. É nosso objetivo possibilitar a todos os alunos a posse do saber científico e historicamente acumulado e que possibilite a estas crianças que nos são confiadas verdadeiras condições para sua participação na sociedade como cidadãs portadoras de direitos e deveres.

‹ Voltar

SEDUC

Secretaria Municipal de Educação
Maringá

SEDUC - Secretaria Municipal de Educação

Av. Itororó, 867 - Zona 2 (Próximo à Avenida Juscelino Kubitchek)

CEP: 87010-460

Maringá - Paraná - Brasil

Fone: (44) 3221-6900