Notícias em Destaque



Brasileiro de Ciclismo Junior retoma nesta terça, 9, em Maringá

Brasileiro de Ciclismo Junior retoma nesta terça, 9, em Maringá

Encerrou neste domingo, 7, a primeira parte do Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Estrada e Pista Junior, que ocorre em Maringá até sexta, 12. A competição iniciada no sábado, 6, com a prova de contrarrelógio e que ontem, domingo,7, contou com a prova de resistência, prossegue nesta terça, 9, no velódromo, na Vila Olímpica, no período da manhã e tarde. São mais de 200 atletas e 15 equipes participando da competição

A equipe do Clube Maringaense de Ciclismo (CMC) conta com oito atletas no Brasileiro. Além da categoria junior, o evento recebe as categorias infantojuvenil (12 a 14 anos) e juvenil (15 a 17 anos). O evento é organizado pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e conta com o apoio da Prefeitura de Maringá, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesp).

“Maringá está evoluindo muito na estruturação do ciclismo. Os investimentos na modalidade e o trabalho são condições para realizações das provas nacionais na cidade. O local das provas foi elogiado pela organização, atletas e o público presente”, cita o secretário de Esportes, Valmir Fassina.

O atleta Felipe Krizonoski, da categoria junior, obteve a melhor colocação do CMC nas provas de contrarrelógio e resistência. Na contrarrelógio (14,4 km) e resistência (80 km) o competidor terminou na 10ª colocação. Na contrarrelógio o atleta fez a marca de 23min12s e na resistência, finalizou com 2h09 minutos. A vitória nas duas provas da categoria junior ficou com Gustavo Pereira, com 19min59s e 2h04 minutos.

“Na prova de contrarrelógio estávamos com dois atletas na pista, por uma questão técnica. Na resistência, largamos com cinco atletas e tivemos dois abandonos no decorrer da prova, comum nas categorias de base. No velódromo esperamos buscar resultados melhores”, explica o treinador maringaense, Carlos Martinelli.

O atleta do CMC, Arthur Rosendo, sofreu uma queda na 5ª volta na prova de resistência com 1h21 minutos de prova e deixou a corrida. Mesma situação com o atleta da categoria juvenil, Lincoln Silva, que sofreu uma queda na 3ª volta com 48 minutos. A distância na prova de resistência para a categoria juvenil foi de 62 km, enquanto na junior foi de 80 km.

Outras Notícias

Galeria de Fotos