Notícias em Destaque



12/04/2018 - Reforço na estrutura para recepcionar mais de 6 mil atletas em Maringá

O atleta que cruzar a linha de chegada da 44ª Prova Rústica Tiradentes não receberá apenas troféus e medalhas: pode levar prêmios para casa, como TV ou bicicleta, que serão sorteados ao final da prova. Além da gratuidade, ou seja, a dispensa de pagamento pela inscrição na prova, a corrida deste ano, que será realizada no dia 22 de abril, o sorteio de prêmios reforça as atrações do evento, que reunirá pelo menos 6 mil atletas.

Na manhã desta quinta, 12, a Secretaria de Esportes (Sesp) reuniu, técnicos, professores, parceiros e voluntários no Auditório Hélio Moreira para detalhar aspectos inovadores da prova, o que inclui manual com as orientações gerais sobre a corrida.  “Trata-se de um documento que referencia a organização da prova”, disse a coordenadora de Esportes de Rendimento da Secretaria de Esportes, Maris Paes, que organizou o manual junto com profissionais da Sesp.

O vice-prefeito, Edson Scabora, participou da reunião e sublinhou que o sucesso da prova Tiradentes é resultado de um extenso trabalho de organização, realizado com muita dedicação por dezenas de pessoas. “Não tenho dúvidas de que esta corrida evolui a cada edição, graças ao trabalho criativo e determinado de servidores, parceiros, voluntários e de muitas outras pessoas que se dedicam a fazer da Tiradentes uma prova de expressão nacional”, disse Scabora.

O secretário de Esportes, Valmir Fassina, reforçou a importância da prova e destacou que o evento é muito exigente em organização, reconhecendo, no entanto, que a equipe da Sesp não é apenas qualificada na gestão dessa e de tantas outras atividades esportivas, mas principalmente motivada. “Trata-se de uma ação coletiva, que envolve não apenas o esporte, mas diversas outras secretarias e parceiros”, disse o secretário. 

A expectativa de maior número de participantes, até em função da gratuidade, terá a contrapartida de infraestrutura mais robusta, com três pontos de atendimento médico (dois no percurso e outro na largada/chegada) e ações mais intensa de limpeza. Durante reunião na manhçã desta quinta, Maris Paes destacou os diversos coordenadores, geralmente ′invísiveis′ na organização da prova,  para sublinhar a importância de cada num em todo o processo. 

“Temos muita gente envolvida na organização e o esforço individual é que proporciona um resultado coletivo bem sucedido”, disse a coordenadora de Esportes, nominando as pessoas envolvidas em cada etapa. O manual de procedimentos apresentado pela Sesp durante a reunião constitui documento perene sobre a prova. “Esse documento servirá de orientação para a organização do evento”, disse. 

Outras Notícias