Epidemiologia



AMBULATÓRIO MUNICIPAL DE IST/HIV/AIDS E HEPATITES VIRAIS


O Ambulatório Municipal de IST/HIV/Aids e Hepatites Virais oferece atendimento aos portadores de infecções sexualmente transmissíveis (IST), HIV/Aids e Hepatites Virais para Maringá e mais 29 municípios da 15º Regional de Saúde.
O Ambulatório é divido em três serviços distintos, sendo o Centro de Testagem e Aconselhamento, o Serviço de Assistência Especializada e a Unidade Dispensadora de Medicamentos.

Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA)

Setor responsável pelas ações de promoção, prevenção e diagnóstico das infecções sexualmente transmissíveis, com profissionais capacitados de acordo com normas do Ministério da Saúde para a execução dos testes, bem como para a entrega de resultados.
Horário de atendimento ao público é de segunda a quinta, das 07h30m às 16h, podendo o usuário optar por teste rápido ou convencional, em ambos são ofertados HIV, sífilis, hepatites B e C.
O atendimento possui três fases:
• Pré-aconselhamento: com objetivo de esclarecer dúvidas, fornecer orientações e prestar apoio emocional ao usuário, visando a prevenção e autocuidado;
• Coleta dos exames: teste rápido ou convencional;
• Pós-aconselhamento: entrega do resultado e esclarecimento de dúvidas.
Além do atendimento interno, o CTA realiza ações extramuro que compreende palestras, capacitações e testagem rápida. Inclusive, possui como ferramenta de trabalho o ônibus CTA Itinerante, inaugurado em 2012, com a finalidade de ampliar a acessibilidade e aumentar o diagnóstico do HIV, sífilis e das hepatites B e C.
Também disponibiliza insumos de prevenção, como gel lubrificante, preservativos masculinas e femininas para a população em geral.
Para agendar atividade com este setor, o interessado poderá realizar através de e-mail. Pedimos que qualquer solicitação seja realizada com três meses de antecedência.



Contato: (44) 3293-8330
E-mail: saude_cta@maringa.pr.gov.br

Serviço de Assistência Especializada (SAE)

Serviço ambulatorial de assistência especializada que realiza ações de tratamento aos pacientes, dividindo-se em quatro ambulatórios: HIV/AIDS; IST; Hepatites e Tuberculose (casos resistentes).

Horário de funcionamento é das 07h às 18h.
Contato: (44) 3293-8334 e 3293-8335

Ambulatório de HIV/AIDS

Serviço responsável pelo atendimento a pessoas vivendo com HIV/AIDS (PVHA) com objetivo de prestar assistência integral e de qualidade, por meio de uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, farmacêuticos, psicólogos, assistentes sociais, odontólogos, entre outros.




Ambulatório de IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis)

Responsável por tratar outras infecções sexualmente transmissíveis, que não HIV/AIDS, e tem atendimento restrito a população de Maringá.
Infecções mais comuns atendidas no Ambulatório de IST:
Condiloma Acuminado: causado pelo vírus HPV (vírus do papiloma humano), tem como principal manifestação o surgimento de verrugas não dolorosas, isoladas ou agrupadas, que aparecem nos órgãos genitais com aspecto de couve-flor. Às vezes são acompanhados de irritação ou coceira local. Não existe tempo determinado para seu aparecimento, uma vez que o vírus pode ficar latente no corpo, mas   possível aparecer uma lesão alguns dias após o contato ou alguns anos depois, ou até mesmo não aparecer lesão visível.
Crescem mais rapidamente durante a gravidez e em paciente com imunidade baixa.
No homem, a infecção pelo HPV pode causar câncer no pênis e na mulher aumenta o risco de desenvolver câncer de colo do útero. Por isso, as mulheres com essa IST devem fazer exames para detecção precoce do câncer de colo do útero (exames preventivos) rigorosamente nas datas indicadas pelos profissionais de saúde.
Sífilis: causada pela bactéria Treponema pallidum, pode apresentar várias manifestações clínicas e diferentes estágios (sífilis primária, secundária, latente e terciária). Nos estágios primário e secundário da infecção, a possibilidade de transmissão é maior.
Sífilis primária: ferida indolor nos genitais, que pode estar acompanhada de íngua na virilha. Os sintomas surgem de 1 à 12 semanas após o contágio. Pessoas infectadas podem não apresentar sintomas.
Sífilis secundária: manchas no corpo, principalmente nas palmas das mãos e plantas dos pés. Os sintomas surgem até seis meses após o contágio. Não coçam, mas podem surgir ínguas no corpo. Outros sintomas como queda de cabelo é comum.
Sífilis latente: considerada a fase assintomática, pois não aparece sinais ou sintomas. É dividida entre latente recente, quando há menos de um ano de transmissão, e latente tardia, com mais de um ano de infecção. Sua duração é variável, podendo ser interrompida pelo surgimento de sinais e sintomas da forma secundária ou terciária.
Sífilis terciária: Ocorre vários anos após o contágio, afetando pele, coração, ossos e cérebro. Pode levar a morte.
Gonorréia e infecção por clamídia: causadas por bactérias (Neisseria gonorrhoeae e Clamídia trachomatis, respectivamente). Na maioria das vezes estão associadas, causando a infecção que atinge os órgãos genitais, a garganta e os olhos. Essas infecções quando não tratadas, podem causar infertilidade (dificuldade para ter filhos), dor durante as relações sexuais, gravidez nas trompas, entre outros danos à saúde.
Número de casos novos que iniciaram tratamento em 2017, no Ambulatório de IST: 361.

Ambulatório de Hepatites

Em 2015 o Ambulatório de Hepatites migrou do CISAMUSEP para o Serviço de Assistência Especializada, onde realiza atendimento para portadores de hepatites virais (Maringá e 15º Regional) e outras doenças hepáticas (Maringá).

Ambulatório de Tuberculose Resistente

Conveniado com o CISAMUSEP, o Ambulatório de Tuberculose Resistente foi transferido para o Serviço de Assistência Especializada em março de 2017. Responsável pelo atendimento a pacientes com resistência aos antibióticos. A tuberculose considerada sensível tem sua porta de entrada e atendimento as Unidades Básicas de Saúde.

Unidade Dispensadora de Medicamentos (UDM)

Farmácia especial responsável pela dispensação apenas de medicamentos para o tratamento de HIV/Aids, hepatites e de outras ISTs. Atendimento de livre demanda, porém restrito aos pacientes cadastrados nos Ambulatórios deste serviço.
Funcionamento de segunda a sexta-feira, das 7:00h às 18:00h.
Contato: (44) 3293-8331



Coordenação Municipal de IST/HIV/Aids e Hepatites Virais

Setor responsável pela administração desse serviço e organização do cronograma de atividades que visam ações de promoção, prevenção e recuperação na temática IST, HIV/Aids e hepatites virais.





Responsável: Suelen Teixeira Faria
Graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Pós-graduação em Farmacologia pela UEM e em Preceptoria no SUS pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês.
Mestre em Enfermagem pela UEM.


Carga Viral Hepatite B
Carga Viral Hepatite C
Genotipagem Hepatite C
Maringá

Secretaria Municipal de Saúde

Avenida Prudente de Moraes, 885 - Zona 7

Maringá - Paraná - Brasil

Fone: (44) 3218-3100