Atendimento ao Contribuinte Alvará Online ISS Eletrnico Licitações Concursos Edital qualificação de marcas Justificativa de contratação - Sasc/ Assindi Rede de proteção a criança e adolescente Acesso Cidadão - Senha Web PROMUBE
Fazenda
COMPARTILHE  
28 de Fevereiro de 2018
Reduzir Fonte Aumentar Fonte
 
Município conta com superávit de mais de R$ 80 milhões no terceiro quadrimestre de 2017
 
Diretoria de Comunicação
 
Supervit foi anunciado em audincia pblica durante a prestao de contas do municpio do terceiro quadrimestre de 2017 Clique para ampliar a foto
Supervit foi anunciado em audincia pblica durante a prestao de contas do municpio do terceiro quadrimestre de 2017
Cary Bertazzoni VEJA MAIS FOTOS
Clique para ampliar a foto
2017 foi um ano de ruptura, reavaliao e correo de projetos, dentro de um oramento que no elaboramos. As obras no aeroporto (R$ 120 milhes) e do Hospital da Criana (R$ 45 milhes) demonstram como ser 2018, destacou Chiqueto
Cary Bertazzoni VEJA MAIS FOTOS
 Prestao de Contas - Arquivo

O secretário de Fazenda, Orlando Chiqueto, e o diretor de Finanças da pasta, Marcos Carmona Rodrigues, apresentaram nesta quarta, 28, na Câmara Municipal, a prestação de contas do município do terceiro quadrimestre de 2017. Com um superávit orçamentário de R$ 80.361.212,69, as receitas arrecadadas até o terceiro quadrimestre (R$ 1.198.925.124,01) mostraram-se superiores as despesas empenhadas no mesmo período (R$ 1.118.563.911,32).

Os investimentos em saúde no período foram de R$ 171.957.952 (24,05 %), superando o mínimo constitucional de 15 % em R$ 64.706.939 (9,05 %). Já a educação recebeu o investimento de R$ 185.504.057,85 (25,72 %). 

Chiqueto afirmou que 2018 terá um recorde ′histórico′ de investimentos. 2017 foi um ano de ruptura, reavaliação e correção de projetos, dentro de um orçamento que não elaboramos. As obras no aeroporto (R$ 120 milhões) e do Hospital da Criança (R$ 45 milhões) demonstram como será 2018, acrescentou, garantindo que o município retornará aos índices de investimento.

As despesas com pessoal apresentaram índice de 49,16 % (dentro do limite de alerta) e abaixo do limite máximo permitido (54 %) e do limite prudencial (51%). Embora receba alerta do Tribunal de Contas, o limite de alerta não impõe nenhuma vedação ao município. Ao ultrapassar o limite prudencial, ficam vedados aumentos, reajustes, criação de cargos, entre outras medidas. Já no caso de exceder o limite máximo, além das medidas para o prudencial, o município poderá reduzir despesas com cargos em comissão e funções de confiança, exonerar servidores não estáveis, entre outras ações.

Eficiência e fiscalização na arrecadação de tributos somada a medidas que reduzem o impacto com despesa de pessoal como redução do aporte para a Maringá Previdência (em estudo), redução de horas extras com regulamentação de banco de horas são algumas das ações para que o município reduza o limite com gasto de pessoal.

A audiência pública foi acompanhada pelos vereadores Sidnei Teles, Onivaldo Barris, Homero Marchese, Do Carmo, Alex Chaves, Jean Marques, Willian Gentil, Chico Caiana e Mário Verri  secretários municipais, demais servidores e comunidade.
 
 Outras Notícias
 
» Município recebe repasse de R$ 164 mil e prepara licitação para botão do pânico
» Novo edital amplia valor de projetos do Aniceto Matti
» Projeto de tablets para agentes da saúde completa um ano
»  Hospital Municipal integra projeto nacional para redução de infecções
» Provopar recebe 4 mil peças de roupas e 30 cobertores dos Correios
» Centro de Ação Cultural abrirá inscrições de cursos gratuitos em julho
 
+ Notícias
 

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ

Av. XV de Novembro, 701 - Centro

Maringá - Paraná - Brasil - Cep: 87013-230

Fone: (44) 3221.1234