Atendimento ao Contribuinte Alvará Online ISS Eletrnico Licitações Concursos Edital qualificação de marcas Plano Decenal dos Direitos Humanos ÔNIBUS NOVOS HORÁRIOS Acesso Cidadão - Senha Web AUDIÊNCIA - ERA AVENIDA COLOMBO
Programa
COMPARTILHE  
19 de Maio de 2017
Reduzir Fonte Aumentar Fonte
 
′Bota Fora′ no Tarumã reforça combate a dengue
 
Diretoria de Comunicação
 
Moradores devem deixar na caladas materiais inservveis, como mveis velhos, para ser recolhidos Clique para ampliar a foto
Moradores devem deixar na caladas materiais inservveis, como mveis velhos, para ser recolhidos
Vivian Silva
Neste sábado, 20, a partir das 9 horas e durante todo o dia, servidores e máquinas da Secretaria Municipal de  Serviços Públicos (Semusp) se reúnem no Parque Tarumã, região do Conjunto Cidade Alta, para executar o programa ′Bota Fora′. O  objetivo é coletar materiais inservíveis armazenados nos quintais das casas e, dessa forma, garantir a eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegipty. A operação prossegue no domingo. Moradores devem deixar na calçada móveis, eletrodomésticos, colchões, pneus, latas, entulhos e outros materiais que querem descartar ou que ofereçam risco de concentrar água e favorecer o desenvolvimento do mosquito da dengue. 

O programa ′Bota Fora′ foi criado como ação concentrada para ser executada em áreas de maior risco ou incidência de casos de dengue. A proposta é retirar das casas aqueles materiais que podem servir de abrigo para a reprodução do mosquito, a partir da retenção de água em locais como latas e pneus, explica o secretário de Serviços Públicos, Vagner de Oliveira, acrescentando que o sucesso desse trabalho depende da participação dos moradores. O cidadão entender que o combate ao mosquito transmissor da dengue é uma ação coletiva, que envolve a todos. Estamos fazendo a nossa parte, disponibilizando estrutura para recolher os materiais, mas é preciso que esses entulhos sejam deixados nas calçadas, afirma o secretário. 

Ao ′Bota Fora′ é atribuído redução dos índices de infestação do mosquito, de 3% no início de janeiro para 1,6% em maio. O índice é considerado de médio risco. O percentual consta do Levantamento Rápido do Índice de Infestação (Lira), divulgado no início do mês. O documento apontou que os bairros com maior índice de infestação, ou seja, consideradas de alto risco de infestação, eram Parque da Gávea, Conjunto Residencial Cidade Alta e Parque Tarumã, com 4%. Nas últimas semanas foi intensificado o trabalho de prevenção, com a presença mais ostensiva de agente de endemias e conscientização na nas Unidades Básicas da Saúde. O ′Bota Fora′ reforça esse combate. (E.M) 
 
 Outras Notícias
 
» ′Bosque da Amizade′ recebe 400 novas mudas; prefeito planta ipê roxo
» ′Bosque da Amizade′ recebe 400 novas mudas; prefeito planta ipê roxo
» ′Bota Fora′ no Jardim Universo combate dengue e escorpião amarelo
»  Busca pela classificação do Handebol Feminino marca agenda esportiva do fim de semana
» Semob inicia vistoria de mototáxi e motofretes
» ′Bota Fora′ mira mosquito da dengue e escorpião amarelo
 
+ Notícias
 

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ

Av. XV de Novembro, 701 - Centro

Maringá - Paraná - Brasil - Cep: 87013-230

Fone: (44) 3221.1234

Registro Ponto do Servidor