Prefeitura do Município de Maringá

Síndicos aprovam container silencioso

Assessoria de Comunicação - Talita Amaral

16 de julho de 2009

     O secretário de Serviços Públicos, Vagner Mussio, acompanhou nesta quarta-feira (15), uma demonstração da utilização de um container silencioso para coleta de lixo aos representantes de condomínios residenciais de Maringá. A proposta, desenvolvida por uma empresa regional especializada na fabricação de containeres, também foi apresentada no último mês aos coletores de lixo da Prefeitura. Assim como a equipe de coletores, os membros do Conselho de Síndicos de Maringá, aprovaram a novidade e estudam a possibilidade de adquirir o produto.
     “Alguns síndicos procuraram a Secretaria de Serviços Públicos solicitando uma proposta de um container mais silencioso para tentar amenizar o incômodo causado pela barulho emitido durante a coleta, principalmente no período da manhã. Como já conhecíamos o trabalho da empresa, resolvemos intermediar este contato para tentar solucionar o problema”, explicou Mussio.
     O novo container diminui em até 60 por cento o nível de ruído no momento em que tem seu conteúdo descarregado nos caminhões. O modelo mais silencioso tem a mesma capacidade para recolher até 1,6 tonelada de resíduos e o formato também é semelhante ao dos atuais produtos fabricados em metal. Entretanto, algumas adaptações feitas no novo container diminuíram o nível de ruído em comparação ao que o produto atual apresenta durante seu manuseio ou operação de coleta por caminhões.
     Para o delegado do Sindicato da Habitação e Condomínios do Paraná – Secovi Região Noroeste, Junzi Shimauti, “a proposta é excelente e o container realmente é silencioso. Vamos fazer um teste de cerca de uma semana em cada condomínio, para que os moradores e síndicos avaliem a eficácia do produto”, comentou Shimauti.
     “A razão da diminuição do nível de ruído está no material do novo tampo, que é feito em polipropileno reforçado, e na parte interna do container, toda revestida com o mesmo material derivado do plástico”, assegura o secretário de Serviços Públicos, Vagner Mussio.
     O container também apresenta maior durabilidade e impermabilidade. “Por ser revestido de borracha e polipropileno, o container não enferruja, além de dispor de um dreno no assoalho que possibilita a total eliminação do vazamento de líquidos”, observa o secretário.

Serviço
     Mais informações: 3261-5511 / 3261-5583 (Secretaria de Serviços Públicos).

Outras Notícias