Prefeitura do Município de Maringá

Corredores exclusivos para transporte coletivo vão beneficiar 28 mil passageiros por dia

Assessoria de Comunicação

08 de fevereiro de 2012

       Com a implantação dos corredores exclusivos para o transporte coletivo na avenida Morangueira em horários de pico a partir do dia 15 de fevereiro, a Prefeitura através da Secretaria de Transportes dá continuidade ao processo de implantação do novo modelo de transporte coletivo, que nesta primeira fase atingirá 25% da frota.
       Para dar agilidade às 13 linhas que ligam a região norte (aproximadamente 30 bairros) ao centro da cidade, realizando 400 viagens diárias e atendendo cerca de 28 mil passageiros por dia, o estacionamento será proibido nos dois lados da avenida Morangueira das 6 às 9 horas e das 17 às 19 horas. Com essa readequação o tempo de viagem dos ônibus será reduzido em 25%.
      O diretor de operação da empresa Logitrans, Antonio Carlos Marchesetti, responsável pela implantação do processo de remodelação, explica que com a criação dos corredores os passageiros serão beneficiados com a redução de tempo de viagem e com a melhor oferta do serviço. “Com a criação dos corredores para o transporte coletivo a viagem será mais rápida, o tempo mais ajustável e os ônibus mais pontuais, aumentando a oferta de viagens e operando os carros com 70% de sua capacidade total, resultando em maior conforto ao usuário”.
       A partir do dia 15 de fevereiro, 25% da frota do transporte coletivo estará equipada com aparelhos GPS, que permitirão uma fiscalização mais efetiva do sistema controlado pela Setran. “Com esse sistema será possível constatar, por exemplo, o trajeto das viagens, atrasos, excessos de velocidade, desvios de itinerário, situações de emergência e criar banco de dados para a elaboração das mais variadas tabelas favorecendo os usuários”, explica o gerente de transporte coletivo da Setran, Mauro Menegazzo.

Lei Federal
      O diretor da Logitrans afirma que com esses ajustes Maringá será uma das primeiras cidades brasileiras a cumprir a Lei de Mobilidade Urbana – nº 12.587 -, sancionada dia 3 de janeiro pela presidente Dilma Rousseff, que prioriza o transporte público. “Maringá sai na frente e coloca em prática a remodelação do transporte coletivo, iniciando o projeto básico e avançando nas melhorias para os usuários”, elogia Marchesetti.
      O secretário de Transportes, Valdir Pignata, pede a compreensão dos motoristas. “Sabemos que muitos estão acostumados a estacionar na avenida Morangueira, a maioria os próprios comerciantes que poderão deixar os veículos em ruas próximas aos locais de trabalho. Por isso pedimos a colaboração pois essa ação vai beneficiar 28 mil pessoas diariamente”.

 

Outras Notícias