Prefeitura do Município de Maringá

Ulisses Maia sanciona lei para compra de vacinas para Maringá

Diretoria de Comunicação

11 de março de 2021

Andye Iore / Siacom PMM 

O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, sancionou no começo da tarde de hoje (11), a lei 11.243/2021 que filia a cidade na Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e também a lei 11.244/2021 sobre intenção para comprar as vacinas contra coronavírus através da FNP. 
Ambas foram votadas e aprovadas por unanimidade hoje na Câmara de Vereadores de Maringá. O Legislativo também aprovou hoje a lei que inclui os professores e funcionários dos estabelecimentos privados e públicos da Educação Básica na 2ª Fase do Grupo Prioritário do Plano de Vacinação contra o Coronavírus. 

Ulisses Maia disse que Maringá vai vacinar toda a população e tem mais de R$ 100 milhões em caixa para comprar as vacinas. “Estamos trabalhando dia e noite para diminuir os impactos da pandemia, trazer tranquilidade para as pessoas. Também para reabrir o setor produtivo e a volta às aulas para que possamos voltar ao nosso caminho normal de desenvolvimento”, declarou o prefeito, que iniciou as mobilizações no ano passado, em reuniões com prefeitos e o Ministério da Saúde, solicitando a compra direta de vacinas. 

As três leis sobre o coronavírus foram aprovadas hoje no Legislativo por 13 votos cada. Uma delas indica a compra pela prefeitura de vacinas, de medicamentos, insumos e equipamentos de Saúde para a prevenção ao coronavírus. Nove vereadores falaram sobre os procedimentos, com depoimentos em apoio à Prefeitura e ao prefeito Ulisses Maia pela iniciativa. 
“O prefeito foi corajoso e é o que a sociedade maringaense quer”, considerou  o líder do prefeito na Câmara, Alex Chaves (MDB). “A vacina é a segurança para a volta ao trabalho e evitar o lockdown total”.

O presidente do Legislativo, Mario Hossokawa, apoiou e espera que a vacina chegue rápido. “É fundamental nesse momento difícil que estamos vivendo. A salvação das pessoas é a vacina!”, disse Hossokawa. O vereador médico do Legislativo maringaense, Dr. Manoel Sobrinho (PL), demonstrou apoio e euforia. “É o projeto que voto mais feliz!”, declarou. Ele completou dizendo que é um absurdo o Brasil ter tantas mortes por coronavirus e que quem critica a vacina “está vivendo em outro mundo...”. 
Onivaldo Barris (PSL) também disse que questionar a vacina é bobagem e precisa valorizar os prefeitos que tiveram a iniciativa e os profissionais da Saúde que estão trabalhando. Luiz Alves (Republicanos) afirmou que as críticas contra a vacina são de pessoas que não entendem o que estão falando. 
Os vereadores também comentaram em suas falas na sessão, que acompanharão os procedimentos de compra das vacinas e materiais pela prefeitura.

Vacinação - A 15ª Regional de Saúde recebeu novo lote de vacina na noite de ontem (10). Ao todo, 2.910 mil vacinas Coronavac serão destinadas para aplicação da 1ª dose em Maringá. A Secretaria de Saúde deve receber o imunizante hoje à tarde. 

Até ontem já foram vacinadas 23.553 maringaenses com a 1ª dose da vacina contra a covid-19. Esse é o 8º lote de vacina que o município recebeu desde 19 de janeiro, quando iniciou a campanha de vacinação em Maringá. O plano de imunização da Secretaria de Saúde de Maringá segue as diretrizes do Ministério da Saúde. 

Outras Notícias