Prefeitura do Município de Maringá

Projeto Aprender Mais, da Prefeitura de Maringá, oferece aulas práticas e dinâmicas no contraturno

Diretoria de Comunicação

13 de setembro de 2021

A Prefeitura de Maringá, por meio da Secretaria de Educação, tem voltado os esforços para construir estratégias que atendam as especificidades e aprendizagem dos alunos, principalmente neste período de pandemia. Um dos projetos desenvolvidos é o “Aprender Mais”, oferecido há três meses aos alunos dos 5º anos para atendimento pedagógico de recuperação dos conteúdos de Língua Portuguesa e Matemática. 

Devido a ótima adesão e com avaliação positiva pelos familiares, o projeto será estendido aos alunos dos 3º anos. “Com o desenvolvimento de aulas práticas, dinâmicas e contextualizadas, cerca de 3.200 alunos são motivados a pensar e a criar estratégias para a resolução das atividades propostas, o que torna o aprendizado lúdico, leve e prazeroso”, afirma a secretária de Educação, Tania Periotto.

As aulas ocorrem de forma presencial ou escalonada e os alunos são divididos em pequenos grupos. Há também a possibilidade das aulas online, para os alunos que permaneceram no ensino não presencial, ou de forma simultânea em algumas unidades como a Escola Ruy Alvino, onde os alunos têm a oportunidade de acompanhar de forma online e em tempo real, a aula presencial de sua turma.

“Muito legal, tudo o que faço de manhã eu reforço aqui. O que mais me chama atenção é a forma como a professora explica, como foi feito com a tampinha de garrafa para gente fazer desenhos. Outro dia para aprender sobre o sistema métrico, medimos a carteira, a cadeira e também descobri a minha altura”, conta a aluna, Lorrainny Fernanda de Morais Lopes da Escola Municipal José Darcy.

Amanda Rossato, mãe do João Augusto Rossato, parabenizou a iniciativa do projeto. Ela tem observado evolução do filho nas disciplinas e o cuidado com as crianças, o que tem gerado a sensação de segurança. “Quero agradecer a atenção e respeito com os alunos, pensando na educação e os cuidados com a pandemia. Um exemplo de cidadania”, relatou a mãe.

O projeto também foi aprovado pela Juliana Custódio, mãe do aluno Cauã. “Meu filho está muito feliz com a oportunidade de recuperar o aprendizado. Ele me fala que, para tirar dúvidas, a professora explica quantas vezes for necessário. Além de se sentir importantes, eles irão mais preparados para o próximo ano”, contou.

Outras Notícias