Prefeitura do Município de Maringá

Em Curitiba, Ulisses Maia discute com Governo obras de Mobilidade Urbana no trevo entre Maringá e Sarandi

Diretoria de Comunicação

07 de dezembro de 2021

O prefeito Ulisses Maia está em Curitiba para discutir com o Governo do Estado e órgãos como Departamento de Estradas e Rodagem (DER) e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), várias obras de Mobilidade Urbana que facilitarão a vida de motoristas e pedestres de Maringá. As principais são no viaduto do Contorno Norte, no limite entre Maringá e Sarandi.

“São alterações que foram amplamente discutidas com o Governo, DER e Dnit. Os anteprojetos estão prontos e em breve daremos início às obras que vão melhorar o fluxo de veículos no local”, explica Ulisses Maia. Uma das alterações no trânsito começa a partir de amanhã. A Secretaria de Mobilidade Urbana da Prefeitura vai aumentar o tempo do semáforo sentido Sarandi a Maringá em 20 segundos. Para isso a Rua Mário Geahl terá seu sentido invertido a partir de amanhã. 

Uma obra que deve ter início em breve é a construção de um retorno sob o viaduto em frente à concessionária Mitsubishi, na avenida Colombo. “Será construída uma alça de acesso na Rua Almerinda Coelho (marginal do contorno norte pelo lado esquerdo) antes do viaduto para desafogar a rotatória”, explica o secretário Gilberto Purpur. “Com isso, os veículos  que trafegam na marginal e entram na rotatória passarão a utilizar a pista superior do contorno Norte”. 

Outra obra prevista para melhorar o fluxo de veículos entre Maringá e Sarandi  é a construção de quatro trincheiras sob a rotatória do trevo de modo que todo o tráfego direto entre Maringá e Sarandi passe por baixo (da rotatória) sem necessidade de paradas.

Em relação ao trevo da Coca-Cola, no Contorno Norte, será possível aumentar o diâmetro da rotatória. Com isso, haverá melhora no fluxo de caminhões pesados. Em médio prazo também poderão ser construídas duas trincheiras, sentido Maringá a Mandaguaçu, onde o tráfego passará direto sem paradas.

.

Outras Notícias