Atrativos Turísticos

 

Marco Imperial

 

     A visita do casal imperial japonês foi em 1978. A jovem Maringá tinha 31 anos de vida e era a primeira visita ilustre que marcaria para sempre a história da cidade. Akihito e Michiko visitaram a cidade para lançar a pedra fundamental da Associação Cultural e Esportiva de Maringá (ACEMA) e participar da inauguração do Jardim Imperial, construído no Parque do Ingá, especialmente para a data. No trajeto entre os compromissos reais, a princesa Michiko protagonizou a cena inusitada, com a quebra do protocolo rígido e rigoroso típico da cultura japonesa. Emocionada com a beleza do Ipê-Roxo, carregado de flores, a imperatriz pediu para para o automóvel, desceu e surpreendeu à comitiva ao fazer reverência à árvore.
     O Ipê, árvore símbolo do Brasil, lembra a exuberância da cerejeira japonesa, cujas floradas esplendorosas e efêmeras de ambas as árvores coincidem com a primavera do hemisfério Norte. Em Maringá, o Ipê-Roxo reverenciado pela princesa japonesa, ganhou o nome de "Árvore da Imperatriz", tornando-se o Marco Imperial da cidade.

Localização:  em frente à Igreja São José, no cruzamento das avenidas Brasil e Riachuelo.